Dúvidas

Como obter 2ª via do boleto?

Acesse este link  e cadastre uma senha para visualizar seus boletos em nosso site sempre que precisar. A segunda via do boleto também pode ser solicitada á Cooperuso Saúde por telefone e obtida por e-mail, fax ou retirada em nossa sede. Lembramos que o não recebimento da fatura pelo cooperado dentro do prazo de pagamento, não o isenta da responsabilidade quanto ao pagamento da mesma, devendo este fato ser notificado em tempo hábil à Cooperuso Saúde.

 

O que é um plano coletivo?

Os planos com contratação coletiva empresarial são aqueles que oferecem cobertura à população vinculada à pessoa jurídica, sendo uma empresa, associação profissional, sindicato ou Cooperativa, como neste caso. Nos planos coletivos, é um representante dessas empresas contratantes que negocia e define as características do plano a ser contratado. Dessa forma, o beneficiário faz adesão a determinado plano coletivo, vinculando-se à Cooperuso Saúde, subordinando-se a suas regras e determinações estatutárias, inclusive quanto ao pagamento de suas taxas e quotas de participação, conforme Estatuto da Cooperativa.

 

Qual o critério utilizado para o reajuste das mensalidades?

Os reajustes aplicados às mensalidades dos contratos coletivos prevalecerá o disposto no contrato ou índice resultante de negociação entre as partes contratantes (operadora de plano de saúde e pessoa jurídica), a partir dos seguintes critérios, conforme prevê o contrato:

a) Reajuste financeiro com base na variação dos custos hospitalares (diárias e taxas hospitalares, materiais, gases medicinais, medicamentos e outros), honorários, introdução de tecnologia de ponta, exames complementares, serviços auxiliares, salários e despesas administrativas, apurados nos últimos 12 (doze) meses;

b) Reajuste técnico decorrente da alteração do nível de sinistralidade que terá como base à reavaliação dos custos mensais da Contratante ocorridos nos últimos 12 (doze) meses, acrescidos da média da variação do IGPM no período ou outro índice que vier substituí-lo.

c) Os reajustes financeiros e técnicos serão aplicados a todos os usuários/dependentes, independentemente da idade;

 

Quando será meu próximo reajuste por faixa etária?

A variação da mensalidade decorrente da alteração de idade do beneficiário, corresponde a faixas e percentuais de variação disposto em contrato e atendendo à RN nº 63/2003, editada pela ANS.

 

O que são aditivos?

Os aditivos são compostos da taxa de manutenção da cooperativa, cotas parte e, em alguns contratos, auxílio funeral e emergências médicas.

Taxa manutenção cooperativa: R$5,00 (cinco reais)
Quota parte de capital: integralizado em 48 vezes de R$1,00 (um real).
Auxilio Funeral: R$ 3,00 (três reais)
Serviço de emergências médicas: R$14,50 (quatorze reais e cinquenta centavos)

 

Como proceder para cancelar meu plano?

O pedido de cancelamento por parte do cooperado deverá ser efetuado pelo titular do plano até o 15º (décimo quinto) dia de cada mês. O pedido deve ser feito pessoalmente e por escrito, acompanhado da(s) respectiva(s) carteirinha(s), para que surtam os efeitos no mês seguinte. Salientamos que o cancelamento não é feito por telefone ou e-mail. Caso o referido Plano de Saúde comportar co-participações bem como restarem procedimentos que até o momento do cancelamento não foram pagos, os mesmos serão objeto de boleto nos meses seguintes para pagamento. Se o cancelamento ocorrer após o 15º (décimo quinto) dia do mês, a mensalidade do mês seguinte será cobrada integralmente, conforme cláusulas contratuais. Se a exclusão ocorrer antes de completar 12 (doze) mensalidades, fica estipulado o pagamento da multa no valor de 50% (cinqüenta por cento) incidente sobre o saldo das mensalidades restantes.