Notícias

10 / maio

9 sinais que podem indicar andropausa

Andropausa é o equivalente à menopausa no organismo masculino: momento em que ocorre uma considerável queda na produção hormonal dos homens. Nas mulheres, a menopausa simboliza o fim da vida reprodutiva, enquantos nos homens a queda da testosterona (hormônio sexual masculino), mesmo que perceptível, se mantém dentro da normalidade – ou seja, ainda existe possibilidade reprodutiva. O pico de testosterona no organismo masculino se dá na puberdade e entra em lento declínio a partir dos 30 anos de idade.

Ao contrário da menopausa, que causa grandes desequilíbrios físicos e psicológicos nas mulheres, a andropausa tende a ser um processo silencioso, pois as alterações hormonais são mais brandas. Entretanto, alguns homens podem experienciar sintomas característicos da queda da testosterona, especialmente após os 50 anos de idade. Aprenda a identificá-los:

  1. FALTA DE DISPOSIÇÃO: períodos de baixa hormonal muito comumente estão associados à diminuição da energia, cansaço frequente e redução da vitalidade. É possível que homens sintam-se mais cansados ao realizar tarefas usuais e menos entusiasmados para desenvolver projetos, devido à fadiga física.

  1. PERDA DE PELOS: a alta concentração de testosterona está diretamente relacionada à maior quantidade de pelos presente no corpo masculino. A andropausa pode levar à queda e/ou diminuição dos pelos, seja no cabelo, na barba ou nas regiões genitais.

  1. INSTABILIDADE EMOCIONAL: a dinâmica hormonal do organismo está intimamente ligada à expressão das emoções. Momentos de instabilidade hormonal levam a variações frequentes de humor, com tendência a sentimentos como tristeza, apatia e pessimismo. Se você têm sentido mais dificuldade em se alegrar sem motivo aparente, é possível que seja influência da andropausa.

  1. DIMINUIÇÃO DA LIBIDO: a queda do hormônio sexual masculino tende a reduzir o desejo pela prática do sexo. Não é uma regra, mas é uma reação frequente.

  1. DISFUNÇÃO ERÉTIL: com uma baixa dosagem de testosterona no organismo, alguns homens sentem dificuldade de manter a ereção. Outro sinal comum manifestado pela andropausa é o desaparecimento das ereções espontâneas pela manhã.

  1. ONDAS DE CALOR: sintoma característico da menopausa, é possível que alguns homens também percebam as famosas ondas de calor, acompanhadas de crises de sudorese desassociadas de esforço físico.

  1. REDUÇÃO DA MASSA MUSCULAR: o desenvolvimento da massa muscular também é uma característica relacionada ao hormônio sexual masculino. A andropausa tende a deixar os homens com um aspecto menos musculoso.

  1. PROBLEMAS DE MEMÓRIA: como a dinâmica hormonal influencia a atividade neurológica, é comum que a andropausa aumente a sensação de esquecimento – reação muito relatada pelas mulheres em idade de menopausa.

  1. FALTA DE CONCENTRAÇÃO: a instabilidade hormonal pode debilitar a capacidade de foco e atenção – que, se combinada aos sintomas de falta de disposição e instabilidade emocional, pode acarretar problemas no desempenho da vida profissional ou social.

TRATAMENTO

Para os casos em que a andropausa afeta negativamente a rotina do homem, recomenda-se a terapia de reposição hormonal. Tratamentos de reposição hormonal são sérios e devem ser completamente monitorados por um urologista, com rigoroso controle dos resultados e de possíveis efeitos adversos através de exames de sangue.

Deixe seu comentário